Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Melhor Política

Melhor Política

O que é que o Chega e o Bloco de Esquerda têm em comum?

Julho 27, 2020

Sérgio Guerreiro

AAFF8A77-3ECF-4FBE-8919-1C210F5C4F50.png

Pouca coisa. Mas ambos se apressam em vir para as redes sociais dar a sua “sentença” para casos mediáticos deste de que a ambos isso possa dar votos. Ambos aproveitam a morte, para cada um à sua maneira, vir para praça pública ditar a sua “ justiça” sem porém ambos respeitarem os mais basilares princípios democráticos.

Há um crime, então investigue-se esperemos pelos resultados finais, a sua motivação e tudo o que levou a tal facto. Mas eles não.

Eles próprios fazem a sua "justiça" e do modo que lhes convém para retirar da morte de alguém dividendos políticos sem respeitar o que deve existir numa democracia e num verdadeiro Estado de Direito Democrático.

Não intoxicar a opinião pública travestidos de uma qualquer opinião e permanecer em silêncio sobre questões que cabem à justiça resolver.

O que todos devem clamar, é por uma justiça, e não fazê-la com as suas próprias “ mãos” como se vivêssemos ainda na era medieval. No caso do assassinato de Bruno Candé Marques, depressa o Chega e o Bloco de Esquerda se reuniram, ambos nos seus “Tribunais”  para se decidir,  se o actor de 39 anos brutalmente assassinado com três tiros, o teria sido por razões racistas ou não. Para o Chega, André Ventura não perdeu tempo nas redes sociais e escreve :

71CC1902-9484-4AD3-919A-36684C3CBF9D.jpegO Bloco de Esquerda pela voz de Joana Mortágua depressa veio ao Twitter e não quis ficar atrás.


D7BA133A-8E82-4D43-92B5-F0ACD87B84BF.jpeg
Vir de imediato para as redes sociais dizer que o que assistimos ontem foi um crime por razões “assim” ou dizer que foi um crime por razões “assado”, é só mesmo um aproveitamento totalmente sujo e que envergonha uma nação como Portugal. Sim. O racismo envergonha qualquer nação deste século mas a vergonha de se aproveitar dele envergonha de igual forma.

Haja ou não racismo neste caso como em qualquer outro análogo, aproveitando a vergonha da expressão a que sou obrigado a escrever, também é repugnante. Mas seria bom deixarmo-nos de aproveitamento político para se ganhar mais uns votos e para aparecer, porque quem morreu foi um ser humano.

Se o crime que se cometeu, foi por razões racistas ou não, esse trabalho fica para quem deve ficar. E cá estaremos para ver as razões e as suas motivações.

A justiça decidirá.

Quando Partidos Políticos se aproveitam seja da morte de quem for, seja branco ou negro, para fins eleitorais, isto só nos poderá mostrar a qualidade de cada um deles e do que deles podemos esperar. Sim foi um crime que em Portugal se cometeu. 
Mas o maior crime que neste momento podemos assistir, é ver estes dois Partidos disputar quem poderá ganhar mais votos e mais “ likes”  com a morte de um ser humano.

É assim e é disto que se alimentam os extremismos. Da justiça que se faz nas redes sociais.

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub