Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Melhor Política

Melhor Política

O CHEGA não quis saber disto e o PAN também não. O que é grave.

Muito grave até

Fevereiro 19, 2020

Sérgio Guerreiro

BA8CB077-410F-4B9C-B59E-48D1E731F76F.png

Há coisas que não dão votos e por isso não se perde lá muito tempo com o assunto. Faz-se umas manobras de diversão, como apresentar requerimentos às devidas comissões, mas depois na hora de votar nem um “ aí ”. E foi o que aconteceu com o Chega de André Ventura.

O que está em causa é simples. Na comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, foram apresentados requerimentos por parte do CDS, IL e Chega para ouvir a Procuradora Geral da República Lucília Gago no âmbito da polémica diretiva sobre os poderes hierárquicos do Ministério Público. Directiva essa, que está agora suspensa depois de ser e bem, fortemente criticada. E porquê? Porque como já aqui foi explicado põe  e não  sou só eu a escrevê-lo, em perigo o Estado Democrático de Direito e a própria investigação criminal bem como a procura da verdade sobre processos criminais que podem envolver políticos ou alguém. Isto porque os Srs.Procuradores encarregues dos processos podem não poder ouvir quem eles entenderem que devem ouvir, porque a hierarquia não quer. É isto. É clarinho como a água. A separação de Poderes é uma coisa da história. E  a coisa ainda piora. A ordem dada para não se ouvir ou não se incomodar o Sr “ fulano de tal “ não pode se transcrita para o processo i,e, ficamos sem saber quem ordenou e o que ordenou . Mas a piada disto, ou não, é o CHEGA. A intenção de ouvir a Sra Procuradora era uma boa ideia. Mas ficou-se somente pela ideia,  que é o mesmo que dizer, ficou-se pelas palavras... ação verdadeiramente política, nada.

E porquê? Porque os resultados da votação dos requerimentos apresentados, incluído do CHEGA tiveram este resultado:

O PS chumba a audição da Procuradora, o PCP abstém-se e a deputada Joacine Katar Moreira também se abstêm. O PSD votou favoravelmente, o CDS (um dos autores do requerimento) também vou a favor, o BE igual.

E o CHEGA? O Chega de Ventura apresentou o requerimento para ouvir a Sra.Procuradora sobre esta grave directiva mas não participou na votação, nem o PAN. Resultado disto. A importante audição da Sra Procuradora foi chumbada pela comissão. Os votos a favor não foram suficientes para fazer passar favorávelmente os requerimentos apresentados. 
Portanto por parte de André Ventura, isto não será uma coisa assim estranha para não dizer outra coisa? Apresenta um requerimento mas depois não participa? E o assunto merecia. Aí não, que não merecia. Ficamos hoje  a saber (hoje salvo seja), a pele que veste o CHEGA. Devagar vamos vendo a qualidade do produto que foi posto por aí à venda e os seus eleitores vão percebendo que entre o que André  Ventura diz e o que faz na política, é um caso estranho. Isto de falar bem tem  “porras”. Pode ser bom mas também pode não valer mesmo de nada. E os 6% que dão nos dias de hoje a André Ventura, creio que 5% andam enganados... acho eu. Mas depois a gente vê.

Ah, e viva o Marega. Mas depois também falamos.

 

 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub