Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Melhor Política

Melhor Política

E assim de repente ficamos a saber o valor de um abraço.

Sérgio Guerreiro, 19.03.20

77C43293-3C9C-4757-B147-859C7DE141B3.png

Gosto de abraços e tenho saudades de alguns. Este novo tempo, este novo desafio que nos é imposto pelo novo tempo que passamos faz-nos, ou deveria fazermos, pensar. E é possível que faça. Agora temos tempo e até parece que o tempo que antes dizíamos não ter agora é-nos oferecido assim tão de repente que nos assusta. Há cantos da nossa casa que desconhecíamos, há vizinhos que nem o nome saibamos e que afinal até são simpáticos e oferecem a salsa que nós nunca pedimos por vergonha de não saber sequer como se chama aquela senhora do 3.dto que tanta vez se cruzou no elevador connosco. Agora tudo mudou. Agora é tudo novo, é  como se vivêssemos num mundo diferente e vazio mas que é afinal tão rico de coisas que não sabíamos. Agora neste novo mundo, nesta nova vida, sim porque esta vida é nova para todos nós, podemos parar um pouco... olhar um pouco para as coisas da forma como nunca olhamos, e por certo hoje, sentimos a falta que faz um abraço seja de quem for, mas que faz falta, faz e tínhamos que aprender isto, é às vezes aprendemos as coisas simples da vida de uma forma dura. Que tudo isto nos ensine que o tempo é o que queremos fazer dele. As horas são sempre as mesmas mas às vezes parece que não. Política também é isto.
Mostrar outra forma de olhar para a mesma coisa...

#vaificartudobem

2 comentários

Comentar post