Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Melhor Política

Melhor Política

Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio

Setembro 10, 2020

Sérgio Guerreiro

518BD155-F373-43B3-B8C4-778B589E7C63.png

Hoje também é um dia importante. É o Dia Mundial de Prevenção ao Suicido. Este dia foi criado em 2003 pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e pela Organização Mundial de Saúde. Estima a OMS que o suicídio é a 13.terceira causa de morte no mundo, sendo uma das principais entre adolescentes e adultos até aos 35 anos sendo que ainda ocorrem cerca de 10 a 20 milhões de tentativas de acabar com a vida por ano. 
Mas estará nas nossas mãos poder fazer alguma coisa para diminuir este flagelo ? Está certamente. Esta questão é uma questão de saúde pública com consequências devastadoras no seio familiar. A questão essencial da morte é a sua razão. O seu humano é ávido em respostas quando há um fim e nestes casos poucos sabem a motivação de alguém que cometeu o suicídio. A revolta da ausência de razões e motivos dá lugar à dúvida e tudo se questiona.
O combate a este flagelo também passa por nós. Pela atenção que devemos dar aos outros porque às vezes é só preciso ouvir. Às vezes corremos e não sabemos muito bem para onde e porquê e depois somos surpreendidos pela notícia e perguntamos porquê. Mas perguntamos depois e a questão é tão somente esta: O que fizemos antes ?
Antes poderiamos estar mais atentos aos sinais, deste o isolamento, mudanças comportamentais e tantos outros.

Podemos e devemos olhar para os outros devagar e não a correr como se fôssemos atrasados para o emprego. Devemos , e temos que o fazer, saber ouvir e ter tempo para estender a mão. Não somos profissionais de saúde é certo mas somos humanos e temos a consciência que não podemos abandonar o outro e com a nossa ajuda e sentido se responsabilidade social podemos levar alguém ao caminho certo.
Quantas vezes aquele que comete suicídio foi abandonado? Quantas vezes foi ouvido ? Podemos estar atentos, podemos ser mais humanos, podemos olhar com a alma e ajudar. Mas para isso é preciso estarmos atentos aos outros em especial aos que  nos rodeiam e que fazem parte de nós.  

Não custa nada às vezes perguntar se está tudo bem. Não custa nada às vezes fazer um telefonema a alguém. Pode ser que a partir daqui se salve uma vida. Nunca se sabe. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub