Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Melhor Política

Melhor Política

Cuba: onde o comunismo deixa o povo à fome.

Agosto 08, 2021

Sérgio Guerreiro

6D4B1872-D76D-4C8F-8AA5-9DEEA7A7FE39.jpeg

Não é preciso perceber muito de política, para que cada um de nós se interrogue como pode um partido português como o Bloco de Esquerda, do qual depende em grande o nosso governo, fazer uma manifestação de apoio à ditadura comunista Cubana. Do ponto de vista político será no entanto interessante verificar que o sistema Cubano, proíbe a existência de um outro qualquer partido que não seja comunista tal como censura a livre imprensa. Todos estes factos reais são totalmente contrários a tudo o que o Bloco de Esquerda protagoniza. Curiosamente, é importante referir o silêncio da esquerda ao saber que  Fidel Castro  e à semelhança de Estaline, líder dos comunistas soviéticos, sempre sentiu grande repulsa pela homossexualidade, isto para dizer que, no actual sistema político Cubano tanta vez apoiado por um  partido político português do qual o governo depende, há e sempre existirá, aquilo que o Bloco de Esquerda sempre quis abolir: a discriminação. Cuba nunca aceitou que nenhum dos seus possa ser homossexual. Reinaldo Arenas, que foi eternizado no filme “Antes que Anoiteça” protagonizado por Javier Bardem, foi um desses homossexuais perseguidos, presos, torturados e obrigados a passar fome só porque não tinham os mesmos gostos sexuais como o macho latino Fidel Castro. Fugiu do país nos anos 70, tal como aconteceu com muitos gays igualmente expulsos pelos comunistas.

 

Os relatos dos Cubanos que sobrevivem apenas com o equivalente a 100 dólares por mês, onde há falta do mais básico e do mais essencial para que se possa ter uma vida condigna, onde há médicos que trabalham carregar as malas dos turistas, não impressiona a nossa esquerda.

A tudo isto, a esquerda ao longo dos anos vai fechando os olhos dando a ideia que nada é como se diz quando todos sabem e conhecem a verdade. Todos eles sabem a miséria de vida do povo Cubano, mas todos fingem não querer saber.

 

Não é conhecido, nenhum regime comunista que se possa ter levado a sua população à prosperidade. Uma economia totalmente controlada e estatizada dará sempre um resultado: a fome e a mísera, e enquanto isso, o povo Cubano vai gritando de barriga vazia e de bolsos vazios.

 

Todos estes gritos de revolta  interessam a alguém? Não. Mas era bom que alguma elite esquerdista saiba ouvir o que pode significar os gritos e a revolta do povo quando o regime que apregoam os deixa à fome.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub