Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Melhor Política

Melhor Política

“All is Well”, by Tiago Mendes Rodrigues

Outubro 13, 2020

Sérgio Guerreiro

DFA2455C-DB14-4553-AB16-22F6B5F78AB2.png

Não vos venho falar de impostos, de políticas fiscais nem dessas coisas que tenho a mania que entendo. Hoje o assunto é outro. Não percebo nada de música nem de bola. Aqui me confesso. Mas gosto de escrever e de opinar. Sou mais ou menos como o Marques Mendes mas em bom e em grande.
Opino sobre quase tudo, o que pode ser muito bom como às vezes muito mau, mas tenho por regra só emitir opinião depois de ler e ouvir.

Como tenho a mania que sei escrever Poesia e outras coisas do género, enquanto o faço ouço música. Muita música. Ainda há bem pouco tempo só ouvia Elis Regina e Rita Lee. 
A ler, como não poderia deixar de ser, Florbela Espanca ( As máscaras do destino) e Natália Correia( Antologia de Poesia Portuguesa, Erótica e Satírica).


Nada como escrever e ouvir. Sem ouvir, as palavras que querem sair de nós parece que ficam presas nos dedos, na garganta, sem liberdade e andam por aí espalhadas sem poiso e sem descanso.
É muito melhor quando as palavras saem todas cá para fora com som e com alma. Mas escrever é também saber o que as palavras querem ouvir. Hoje, elas pediram silêncio. Pediram para me sentar e ficar ali a sós com elas a olhar para dentro e ouvir... só ouvir o que elas queriam.


Não sei apreciar, técnicamente, a qualidade artística do álbum que hoje vos proponho.Deixo isso para críticos da arte em causa. A minha crítica é no âmbito pessoal, aquela de quem ouve os sentidos que este álbum provoca. 
Só vos sei dizer que as palavras hoje me pediam, “Morning Song” do álbum “All is Well”.


É líquido e cristalino e fez-me bem. A mim e a elas. Depois fumamos um cigarro e falamos um pouco, não muito, talvez duas ou três linhas de um Poema ainda sem nome. Elas irão decidir qual.

Se escrever pode ser o espelho daquilo que sentimos para que os outros nos possam ver por dentro, criar música deve ser o mesmo.
Se não for, é parecido.

Se tivesse outro nome que não o meu, chamar-me-ia “ All is Well”. Eu e as minhas palavras, hoje ficamos por aqui; https://tiagorodrigues.bandcamp.com/album/all-is-well

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub