Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Melhor Política

Melhor Política

Contas. Este é que era o segredo de Fátima.

Setembro 02, 2020

Sérgio Guerreiro

9B596EF8-4DD6-42DC-A29B-C54AAC40841C.png

Pela sua natureza jurídica o santuário de Fátima não é obrigado a prestar contas à comunidade. Fê-la de 2000 a 2006 por decisão de D.Serafim Ferreira da Silva e a decisão posterior (de não as prestar ) foi uma mera opção. Em entrevista ao Jornal Expresso de 16 de Abril de 2017, o reitor Carlos Cabecinhas afirmava que “ apresentamos as contas  a quem temos de apresentar”. Ele tem razão. Esqueceu-se de uma outra razão e talvez a mais importante, a questão moral e a transparência  de quem nada tem a esconder. A transparência do dinheiro que é dado ao santuário via donativos, que é a fonte máxima de receita do santuário e quem o dá por uma questão de fé, é ou deveria de ser respeitado. O santuário de Fátima não está a respeitar nem os seus fiéis nem a comunidade em geral, e é esse respeito que é devido perante aqueles que fazem as suas doações à luz de uma crença e de uma fé sabendo Deus o que lhes custa e esses merecem ainda mais transparência e mais verdade. É a sua falta que desacredita qualquer instituição seja ela que de natureza for.

Há cerca de 14 anos sem se saber como é gerido e para onde vai o dinheiro de milhares e milhares de fiéis é no mínimo um princípio que pode pôr muitas questões e dúvidas no ar. E para que tudo seja claro como a fé que o Santuário seja também ele claro, transparente e verdadeiro como manda os princípios da igreja e com toda a responsabilidade social que lhe cabe. E se assim não é, Fátima não passa de um negócio chorudo que é controlado por alguns sem pelos vistos passar cartão a ninguém. Porquê? Porque o poder de Fátima é imenso assim como o PS e quem se mete com Fátima, leva.

Ou esta pouca vergonha acaba ou a instituição Santuário de Fátima, que já anda pelas ruas da amargura, cai de vez e o milagre vai à sua vida e então a Nossa Senhora terá que aparecer em breve para vir pôr ordem na casa   já que aqueles que lá mandam há 14 anos que não querem prestar contas a ninguém e sem ninguém perceber a razão. Não havendo uma razão legal, há sempre uma outra. A razão moral. A maior de todas as razões. Não haja medo de se mostrar as contas, não haja medo de se ser claro e dizer aos fiéis e à comunidade em geral onde o dinheiro é empregue, como é gasto e onde está. Que investimentos se fazem, contratos, tudo e mais o etc... etc... mas principalmente onde está o dinheiro.

Ou esta pouca vergonha acaba ou o Santuário de Fátima vai aos poucos e poucos mostrando aquilo que é. Uma falta de vergonha e de outras coisas mais. Mas Deus não dorme e escreve direito por linhas tortas. Só a irmã Lúcia é que não via bem, coitada, mas este segredo, o  das contas,  estou certo que lhe escapou. Secalhar não só via mal como também não ouvia bem.

Mas a Nossa Senhora já sabe que isto tudo é uma falta de vergonha e os vossos fiéis também.

Aos senhores que mandam lá no Santuário, deixo-vos um repto. Deixem de ser insolentes e desonestos para a toda a comunidade cristã e venham de lá essas contas de 2006 até agora. Deixem-se de tretas ou então não passaram daquilo que já todos sabem o que vocês são... pelos vistos, contas não é convosco "irmãos ".

 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub